A biografia da banda Apocalipse

A banda Apocalipse surgiu mais ou menos entre 81-82. Nesta época Daniel Elói, Alfeu Lisboa, Ângelo Fernando (Nando) e Daison descobriram que no colégio São Paulo (Niterói/Canoas/RS) havia praticamente todos os instrumentos para um grupo musical.
Nesta época Daniel já conhecia algumas poucas músicas no violão, e apesar disso já ousava ‘compor’ suas próprias canções. Nando foi designado para o baixo, Daison para a guitarra base e Alfeu assumiu a bateria.
Daniel fez um acordo com as freiras do colégio que pagaria o ‘empréstimo’ dos instrumentos fazendo alguns trabalhos de desenhos em cartazes religiosos.
Os ensaios iniciais foram no próprio palco do auditório do colégio, onde desde o início já contavam com um certo público de garotas. Nesta época, Daison batizou a banda de ‘Blue Bird’.
Essa formação original durou pouco tempo. Saíram Daison e Nando .
Em seguida Daniel e Alfeu conhecem Belcino Carlos que cantava e tocava violão. Belcino tinha algumas composições próprias que foram, juntos com algumas canções de Daniel, a base do repertório inicial da banda. Entre essas canções estava ‘Dissonância Transitória’, uma das primeiras músicas a ser ensaiadas.
Daniel assume o baixo, Alfeu a bateria, Belcino a guitarra base e os vocais.
Convidam então o amigo André Cebola (que havia pouco fora expulso do mesmo colégio por indisciplina) para acrescentar os solos às músicas. A principal influência era o rock progressivo de bandas como ‘King Crimson’, ‘Yes’, ‘Jethro Tull’, ‘Emerson, Lake and Palmer’ e principalmente ‘Pink Floyd’ além de outras bandas sagradas do rock and roll clássico dos anos setenta como Led Zeppellin, Deep Purple, Rush, Black Sabbath, Eagles, entre outras.
O primeiro show com essa formação aconteceu nos fundos da casa do amigo Gladimir (Gládi ‘Bode’). Foi montado um palco improvisado.
Como Cebola não tinha guitarra, conseguiram uma guitarra Veronese emprestada com um conhecido. Na hora do show Cebola apareceu com uma guitarra Giannini Strato emprestada e a Veronese foi deixada num canto do palco. No meio do show Daniel foi informado que a guitarra tinha sido quebrada no meio do braço. O primeiro grande problema da banda foi conseguiram arrumar grana para consertá-la e devolvê-la ao dono.
Neste show a banda usou pela primeira vez o nome de ‘Apocalipse’. Neste show tocaram canções como ‘Analogia de um Demente’, Apocalipse (instrumental), além de ‘Dissonância Transitória’, que logo virou um hit no cenário cult Canoense.
Um pouco mais tarde entrava na banda o vocalista Tonny di Maggio, que tinha forte influência blueseira, principalmente de Janis Joplin. Tonny participou pouco tempo da banda e dividia com Belcino os vocais nos shows que já começavam a fazer. É dessa época o ‘Blues da Redenção’ e a antológica ‘Joe Banana’. Essa última foi composta em ‘homenagem’ ao pai de uma garota que quis acabar com uma festa em que a banda estava tocando.
Após alguns shows Tonny di Maggio sai da banda, devido principalmente ao distanciamento de seu estilo (Blues) com os demais (rock progressivo).
Na saída de Tonny, Daniel compôs “Quando Você Esteve Aqui”.
Neste início a banda carecia muito de equipamento para fazer seus shows. Conhecem então Paulo Barbosa que tinha algum equipamento. Paulo entra na banda para tocar baixo e seu irmão Jorge ‘ET’ (Rato Wakeman) assumiu os teclados. Daniel foi prá guitarra principal. Cebola sai da banda.
Na sequência vieram canções como ‘Observância Interna’, ‘Incógnitas’ de Daniel, ‘Espuma Azul’, ‘Dilacerar’, de Belcino, ‘Olhos Vermelhos’ composta inicialmente em inglês por Belcino e Daniel e num ritmo bem mais agressivo do que a versão final conhecida.
Após alguns shows a banda chega ao seu ápice com os shows das amostras culturais do parque Getúlio Vargas em Canoas, conhecido como Capão do Corvo. Num desses shows foram reunidas milhares de pessoas numa multidão jamais vista em shows musicais em Canoas.
Desde o início a banda assumiu uma postura social crítica, seja reivindicando, por exemplo que a antiga estação férrea de Canoas fosse convertida em Casa de Cultura, seja participando de shows de conscientização ecológica.
Seguiram-se grandes shows no Colégio Cristo Redentor, no Colégio São Paulo, Clube Fragata, Centro Comunitário de Guaíba entre outros.
O último show oficial foi na casa de cultura de Sapucaia do Sul, quando devido a incompatibilidades entre alguns componentes a banda resolveu para por um tempo permanecendo assim até hoje.
Daniel Elói participa mais tarde da banda Habeas Almas com Jorginho da garibaldi nos vocais e Alfeu Lisboa na bateria, Marcelo Santos (guitarra) e Roberto SantaMaria (baixo), Sérgio Gomes (teclados).
Passados alguns anos Daniel, Belcino e Alfeu retomam os ensaios para a banda Apnéia. Daniel sai ainda na fase de ensaios. A banda Apnéia segue com outros componentes.
Alfeu mais tarde funda com Roberto SantaMaria a banda “Papo Zen” e lança o álbum “Em busca da Vitória”.
Em 2005 a banda se reúne para um show memorável na grande festa de reunião da Galera Roqueira de Niterói dos Anos 80. A banda é montada com Belcino (voz principal e violão), Daniel Elói (guitarra,voz), Alfeu Lisboa (bateria e voz), Calbo (baixo), Jairo Borba (guitarra).
Neste show, a banda toca seus principais clássicos além dos covers usuais de Pink Floyd. Conta com a participação especial de Marcos Wallauer (guitarra) em algumas músicas.
Ainda neste show há uma confraternização com uma performance improvisada da Habeas Almas com Jorginho nos vocais, Alfeu, Daniel e Jairo Borba (baixo).
Daniel atualmente integra a banda Habeas, e conta com Jairo Borba (guitarra), Dênis Rosa (voz), Rogério Henrique (bateria), Roberto Santamaria (baixo).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: