As besteiras que anda falando Gene Simmons

É, o velho baixista e cantor do Kiss Gene Simmons parece estar dando definitivamente amostras de senilidade.
Na edição de novembro da revista BillBoard tem uma entrevista com Simmons, intergante da lendária banda cara-pintada Kiss em que ele parece ter definitivamente parado no tempo no que se refere à idéia que tem sobre o mercado fonográfico.

Perguntado se o Kiss voltará algum dia aos estúdios de gravação, o cantor respondeu:

A indústria fonoigráfica está uma bagunça. Eu já havia dito quando os garotos começaram a baixar música pela internet de graça que eles são desonestos. Eu disse prá cada profissional de gravadora que eu conversei que haviam ligado uma bomba relógio que iria explodir embaixo deles e colocá-los no olho da rua.”

Não há nada que me motive a querer fazer música nova. Como se espera ser pago por isso se as pessoas conseguem música de graça?

A indústria fonográfica não dá sequer pistas de como se ganhar dinheiro. Ela é a culpada por deixar as raposas entrar no galinheiro e depois se perguntar porque não não há mais ovos? Cada garoto deveria ser processado. Deveria ser confiscado suas casas e carros e coibido já no início. Esses garotos estão deixando de 100,000 a 1 milhão de pessoas desempregadas. Eles deveriam vestir máscaras de bandidos.
Isso não me afeta, mas imagine uma banda nova com o sonho de subir ao palco e lançar seu próprio álbum. Esqueça. “

But some artist like Radiohead and Trent Reznor are trying to find a new business model.
That doesn’t count. You can’t pick on one person as an exception. And that’s not a business model that works. I open a store and say “Come on in and pay whatever you want.” Are you on f*cking crack? Do you really believe that’s a business model that works?

Para Gene Simmons a culpa não é dos valores exosrbitantes que a ind´´ustria fonográfica cobra por um CD, DVD ou material oficial, e sim das pessoas que descobriram uma forma mais acessível de buscar suas canções preferidas.

A Billboard ainda lhe pergunta:
E se a música se tornasse gratuita e os artistas vivessem de suas turnês e de merchandise?

Isso é um dos erros mais estúpidos que alguém poderia cometer. A parte mais importante é a música. Sem ela o que mais importaria? …A razão pela qual o ouro é caro é que porque todos concordam com isso. Todos concordamos com a idéia de que ouro custa uma certa quantia. Tão logo você dê a opção das pessoas desviarem-se disso você terá o caos e a anarquia. E é o que está acontecendo.

E a revista continua:
Mas alguns artistas como RadioHead e Trent Reznor estão tentando encontrar um novo modelo de negócio.

E Gene Simmons responde:

“Isso não conta. Você não pode pegar uma pessoa como exceção. E isso não é um modelo de negócios que funciona. Eu abro uma loja e digo: “Venham e paguem o que quiserem”. Você realmente acha que este modelo de negócio funciona?”

Lendo isso dá a impressão que a única coisa que move Gene Simmons a compor, gravar etc é a grana que vai receber. Tudo bem, todo artista tem que faturar, mas o modelo que enriqueceu gravadoras e empresários por décadas está em franco declínio a ponto das grande gravadoras estarem procurando novos caminhos.

Via: ALT1040

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: