Video do Vereador Cururu fazendo exorcismo na câmara de Pelotas – Superpop


O vereador gaúcho Cláudio Roberto dos Santos Insaurriaga, mais conhecido pelo apelido de Cururu, promoveu em seu gabinete na câmara de Pelotas uma sessão de exorcismo que durou cerca de dez minutos.

Conforme o próprio vereador contou no programa Superpop da RedeTV comandado pela apresentadora Luciana Gimenez, tudo começou quando um funcionário da câmara de vereadores de Pelotas no Rio Grande do Sul encontrou um trabalho de magia negra no porão da casa.

O achado foi comentado por vários funcionários da câmara que não sabiam o que fazer. O vereador Cururu pegou o tal despacho e levou para seu gabinete. Mais tarde chamou um especialista (que não quis se identificar publicamente) mas que teria classificado o achado de ‘trabalho de macumba’ e que seria para causar o ‘mal’ de algumas pessoas naquela casa legislativa.

O vereador Cururu então botou uma indumentária religiosa segundo seus próprios conceitos de religião que incluía, um manto sobre os ombros, um crucifixo no pescoço, uma coroa de espinhos além de outros amuletos e protagonizou uma sessão de exorcismo na própria câmara.

O trabalho de magia negra encontrado na câmara continha 5 bonecos representando alguns vereadores da cidade de Pelotas. Cururu, durante sua sessão de exorcismo, ou como ele mesmo definiu ‘desmanche’ do trabalho, foi retirando os alfinetes que estavam atravessando os pequenos bonecos. Depois colocou tudo num pequeno caixão e pregou a tampa.

Cá prá nós, o Agnaldo Timóteo dizer que o vereador Cururu deveria pedir desculpas ao ex-presidente Collor, já que Collor foi absolvido, foi totalmente fora de propósito. E isso foi omínimo que o Agnaldo Timóteo dise para o Cururu. Em determinados momentos foi totalmente desrespeitoso com o vereador de pelotas chamando-o inclusive de ‘bobalhão’, ‘demagogo’, ‘babaca’ e ‘idiota’.

Cururu repondeu à altura dizendo que o Agnaldo Timóteo é um político fracassado tendo em vista que já foi Deputado e agora é vereador.

Sua atitude teve repercussão nacional e ele foi convidado pela produção do programa Superpop de Luciana Gimenez (Rede TV) a participar de um debate que contava com figuras ilustres como o folclórico e polêmico cantor e vereador Agnaldo Timóteo, um líder umbandista chamado Cássio, um padre exorcista, um vereador de pelotas por telefone, além do cantor sertanejo Donizete, entre outros.

O debate esquentou e, a meu ver, apesar de toda loucura que possa parecer, o veredor Cururu tem o direito de se manifestar religiosamente do jeito que quiser, independentemente que seja vestindo-se como Jesus (e usando sua aparência física semelhante, com barbas e cabelo comprido) ou de qualquer outra forma pois a liberdade de culto religioso lhe é garantido pela constituição.

Se de fato ocorrem outras manifestações religiosas como ele mesmo alega dentro da própria câmara municipal de Pelotas, não há do que os demais vereadores se queixarem por ele ter protagonizado o tal exorcismo do trabalho de macumba.

Se ele está usando este ‘trabalho de magia negra’ encontrado na câmara para se promover politicamente, e até acho que ele está mesmo, eu pergunto: E quantos políticos oportunistas não usam cerimônias religiosas ou eventos religiosos para se promoverem na vida pública?

Assistam os vídeos e tirem suas próprias conclusões.

Apresentação de Luciana Gimenez

Via: Programa Superpop

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: