A lendária Moto Amazonas Está de Volta

Na década de 80 a Amazonas lançou uma moto que despertou a atenção: Equipadas com motor de fusca 1600 as Amazonas passaram a ser usadas inclusive pela polícia rodoviária Federal para patrulhar as estradas brasileiras.

Ao longo do tempo a Amazonas 1600 deixou muita polêmica e saudosismo no ar.

Agora a Amazonas volta com seu modelo custom AME 250 que conta com um visual retrô e design italiano combinando o status de uma moto potente à agilidade de uma 250.

Além de impressionar pela robustez, resistência e economia ela apresenta uma boa dirigibilidade dando segurança ao pilotar.

Ainda conta com rodas de liga, freio a disco duplo, indicador de marchas e medidor de combustível.

Fontes:
Revista MOTO MAX

A primeira moto da história no museu da Mercedes Benz

No museu de Stuttgart, na Alemanha, conta com um acervo de 160 veículos que contam 120 anos de história automobilística.

Uma de suas peças mais interessantes é uma réplica da primeira moto da história a contar com motor movido a gasolina. Ela possuía um motor de 264 cm3 e conseguia atingir uma velocidade de 12 km/h (veja na foto acima).

Seu inventor foi o alemão Gottlieb Daimler (um dos fundadores da Mercedes Benz, na foto à esquerda), que, com a ajuda de Wilhelm Maybach, em 1885, instalaram um motor de um cilindro uma bicicleta de madeira adaptada.

Paul Daimler, um garoto de 16 anos filho de Gottlieb foi quem testou essa primeira motocicleta com motor a combustão.

Curiosamente depois dessa moto, Daimler, um dos pioneiros também a construir carros, dedicou-se exclusivamente aos automóveis e não construiu mais nenhuma moto.

Fontes: Revista Moto Max e Viagem de Moto

Amor pra Recomeçar, o texto que inspirou Frejat

Roberto Frejat em algumas entrevistas quando perguntado de onde veio a inspiração para a magnífica letra da música “Amor pra Recomeçar” informa que a base da letra foi tirada de um e-mail que andou circulando pela internet.
No email a autoria do texto é atribuída ao famoso poeta e romancista francês Vitor Hugo que viveu de 1802 a 1865.
Abaixo o texto muito bonito que circulou pela internet e em seguida a letra de “Amor Prá Recomeçar” adaptada genialmente por Roberto Frejat.

—————————————————-

DESEJO – Atribuída ao poeta Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar

Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,

Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e é preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga “Isso é meu”,
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,

E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.

E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar”.

—————————————————–

Amor pra recomeçar
Frejat
Composição: Frejat/Mauricio Barros/Mauro Sta. Cecília

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo…

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar…

Eu desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Publicado em LETRAS. 3 Comments »