Video: Bebe mata cobra com os dentes

(assista aqui o vídeo da reportagem da Tv bandeirantes sobre esse incrível caso do bebê que mata uma cobra com os dentes)
O fato impressionante aconteceu na zona rural do município de Pedro Leopoldo em Minas Gerais.

Uma cobra coral medindo cerca de 1 metro de comprimento atacou um bebê de nove meses enquanto ele brincava com sua irmã no chão de sua casa.

Sua mãe contou que estava em outro cômodo da casa enquanto o seu bebê brincava próximo a um fogão a lenha quando de repente começou a ouvir os gritos da filha. Correu para o que ver o que estava acontecendo e se deparou com uma cena chocante. Uma cobra coral estava toda enrolada no braço do menino que mantinha a cabeça do animal entre seus dentinhos. Conta a mãe que o bebê estava rindo enquanto colocava e tirava a cobra da boca como se fosse um brinquedo.

Ela então pegou seu filho no colo e junto com o marido e alguns vizinhos correram para um hospital em busca de socorro tendo em vista que o menino havia sido picado na boca e na mão pela cobra.

Ele teve que ser internado por dois dias na CTI do Hospital Infantil João Paulo II, em Belo Horizonte, mas no momento passa bem.

A médica que atendeu a ocorrência, contou que o menino chegou ao hospital com quadro grave de intoxicação com secreção na boca tendo sofrido inclusive uma parada respiratória causada pelo veneno da cobra.
A cobra é que não teve nenhuma sorte: chegou morta no hospital devido as mordidas que o pequeno e heróico bebê lhe deu.

Conforme explicou o médico do Centro de Toxicologia do HPS, e presidente da Sociedade Brasileira de Toxicologia, Délio Campolina, o veneno produzido por uma cobra adulta da espécie que atacou a criança tem capacidade de matar até mesmo um boi de meia tonelada.

Segundo ele a gravidade da picada da coral é proporcional a quantidade de veneno injetado e da varia conforme a resistência da vítima. Ele explicou também que no caso deste menino, o fato de ele ter sido atendido rapidamente com um tratamento eficiente foi fundamental para que ele sobrevivesse. Disse também que em média dois ataques de cobra coral são registrados por ano no HPS, representando 1 % do total de casos.

Notícia publicada em: Super Notícia edição de 25/07/2008

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: