Thomas Edison e o Elefante eletrecutado

Basta dar uma olhada em volta e percebemos várias coisas que foram ou inventadas ou aprimoradas pelo grande inventor americano Thomas Alva Edison. Em seus 84 anos de vida Edison registrou 1,093 patentes em seu nome tendo inventado ou contribuído para a lâmpada elétrica, fonógrafo(na foto), sistemas elétricos, telégrafo,telefone, raio-X entre outras invenções.

Mas Edison também esteve envolvido em algumas excentricidades inventivas como a fracassada tentativa de construir móveis, refrigeradores e pianos de concreto. Uma das mais inusitadas passagens da vida do grande inventor foi o dia em que ele executou um elefante utilizando energia elétrica.

Ao término do ano de 1880 Edison estava engajado na “Guerra das Correntes’ com George Westinghouse e Nikola Tesla. Edison tinha promovido o uso da corrente continua (em inglês DC – Direct Current) para a distribuição de eletricidade, enquanto que Westinghouse e Tesla queriam que fosse adotada a corrente alternada (AC – Alternating Current).

Naquela época, Edison tinha mais de uma centena de estações geradoras de força nos Estados Unidos que distribuíam a eletricidade aos consumidores. A estação de eletricidade tinha que ficar dentro de um raio de 1200 metros devido a perda causada pela resistência dos cabos utilizados na transmissão da energia.O engenheiro sérvio Nikola Tesla, um genial empregado de Edison propôs que a corrente alternada (AC) pudesse resolver o problema da perda relacionada aos cabos de transmissão, mas sua opinião não foi aceita por Edison.

Anteriormente Edison já havia pedido a Tesla para que desenvolvesse algo que melhorasse suas estações de força oferecendo-lhe 50 mil dólares como recompensa (um valor muito atraente na época pois Tesla ganhava cerca de 18 dólares por semana). Quando Tesla terminou o projeto, Edison não cumpriu com sua parte surgindo daí uma grande inimizade entre os dois.

Com o objetivo de provar que seu sistema de Corrente Contínua era melhor e ‘mais seguro’, Edison resolveu demonstrar o potencial letal da corrente alternada (AC) criando uma cadeira elétrica.

Em 1903, uma elefanta de circo chamada Topsy, do Coney Island’s Luna Park enlouqueceu e passou a atacar quem estivesse próximo. O resultado foi que o animal matou três pessoas, sendo uma delas o próprio treinador que tentava fazê-la fumar um cigarro.

A Elefanta Topsy, considerada uma grave ameaça à sociedade, foi alimentada então com cenouras recheadas de cianeto e eletrocutada com 6 mil volts AC vindo a morrer quase que instantaneamente sem dar sequer um gemido.

Cerca de 1.500 pessoas assistiram à execução e Thomas Edison inclusive filmou-o para que ficasse registrado (veja neste link : YouTube Link.)

Apesar da campanha publicitária liderada por Thomas Edison a favor da corrente contínua DC o sistema que utiliza corrente alternada AC proposto por Tesla terminou por prevalecer sendo o que é utilizado hoje para a distribuição de energia elétrica à população.

Veja outras curiosidades sobre o grande inventor americano Thomas Edison neste link: 10 Fascinating Facts About Edison

Via:WWW.neatorama.com

Anúncios

Curiosidades Chinesas em tempo de Olimpíada


Neste mês de olimpíada, vale a pena conhecer um pouco mais da China, sua cultura e costumes exóticos:
1.
A cada feriado do Ano-novo chinês, mais de 300 milhões de pessoas viajam pela China, para visitar parente, sendo o maior movimento migratório do planeta. Como não conseguem ir ao banheiro nos trens superlotados, muitos viajantes usam fraldas para adultos.

2.
A polícia não tem armas. Aliás, ninguém carrega armas, e o crime praticamente não existe entre os civis. Também pudera, aquela clássica história do criminoso ser executado e a bala ser cobrada da família assusta qualquer um. A China é o país que mais executa prisioneiros no mundo.

3.
Após décadas do mais puro regime comunista, OS chineses ignoram o que é privacidade. Bisbilhotar e tomar conta da vida alheia é quase obrigação, sendo muito comum xeretar conversa alheia ou olhar o cartão de ponto do colega para denunciar atrasos.

4.
Os símbolos chineses são tão ornados e complicados de desenhar, que se você resolve sentar num banco e escrever algo num papel comum, vai atrair uma multidão de curiosos apontando para você. Vai entender ?

5.
São calmos até demais. Não se ouvem buzinas nos engarrafamentos. Não se vê chinês com cara de estressado.

6.
O que nós chamamos de boa educação e higiene não se aplica na China. Os banheiros são apertados, fedidos e com apenas um buraco no chão. As pessoas urinam no meio da rua. Soltar puns em público é com eles mesmos. O que chama mais atenção é o hábito de cuspir : Chineses cospem em qualquer lugar, e se você der mole, pode levar uma cusparada acidental, pois a medicina tradicional chinesa acredita que seja danoso engolir a saliva. E fuma-se até em aviões na China.

7.
Os chineses recusam gorjetas. Um viajante relatou que ao oferecer uma gorjeta a uma garçonete, ela empurrou a mão dele e saiu correndo, corada de vergonha. Quando você deixa a gorjeta na mesa, o funcionário corre atrás de você para devolver o dinheiro.

8.
Essa é muito esquisita. Funcionários chineses riem da sua cara quando você reclama de algo. Parece que estão de sacanagem, ninguém consegue entender, mas deve ser algo cultural. Eu, hein?

9.
Os bebês chineses andam com a bunda de fora. Sim, as roupas têm buracos no bumbum do bebê. E em último caso, vai na rua mesmo. As fábricas de fraldas devem adorar isso.

10.
Das 20 cidades mais poluídas do mundo, 16 são chinesas.

11.
O território chinês abrange 4 fusos horários, mas o governo não quer nem saber, e todo o país adota a hora de Pequim. O que faz o Sol nascer às 4 DA manhã no leste do país, e no oeste, às 9 DA manhã.

12.
Os chineses são muito supersticiosos. Os andares 4, 14 e 24 de muitos prédios não existem, porque o ideograma do 4 é parecido com o da morte. Celulares terminados em 4 ou com muitos 4 são bem mais baratos, e muito utilizados por estrangeiros. Já o número 8 tem o ideograma que lembra o da prosperidade. Não é à toa que OS jogos Olímpicos começarão no dia 8 de agosto de 2008, às 8:08 DA noite.

13.
Os lamas tibetanos estão desde o ano passado, proibidos de ressuscitar sem autorização do governo

14.
Segundo tradição do interior do país, homens que morrem solteiros têm a linhagem comprometida na próxima vida. Para evitar isto, OS familiares tentam arrumar o chamado minghun, ou casamento após a morte, enterrando uma noiva-fantasma ao lado do solteirão. Quanto mais nova a moça, melhor, e o preço pode chegar a US$ 2000,00.

15.
Fruto da política do filho único e da preferência das famílias por homens, existem 18 milhões de homens a mais que mulheres na China. Saber o sexo da criança antes do nascimento é proibido, porque se for mulher, o casal pode decidir abortar. Apesar disto, o aborto é legal na China, mesmo no final da gravidez. Por conta disto, a China é o país mais avançado em pesquisas com células-tronco, além que quase nenhuma chinesa tomar anticoncepcional.

16.
A inovação mais recente que o governo quer implantar na legislação trabalhista são férias anuais de 15 dias. O salário de um operário é mais ou menos R$ 80,00/mês.

17.
A gastronomia chinesa é, digamos, exótica. O banquete do ano-novo chinês entre os mais ricos inclui iguarias como ovos podres cozidos e sopa de ninho de andorinha. Nas províncias do sul, come-se de tudo : gafanhotos, escorpiões, ratos selvagens, gatos, cachorros, estrelas-do- mar, cobras e até casulos de bicho-da-seda. Há um restaurante em Pequim cuja especialidade é pênis. Isso mesmo, lá se tem pratos com o membro de 9 animais : Touro, jumento, cão, cobra, cervo, carneiro, búfalo, foca e cavalo, e como o povo acredita que o prato é afrodisíaco, não faltam clientes. Ah, e se estiver numa mesa com chineses, jamais deixe os palitinhos fincados no arroz, pois isso representa desejar a morte das pessoas ali presentes. E também procure deixar comida no prato, pois um prato vazio para os chineses não significa que você gostou da comida, mas que o anfitrião foi ineficiente ao te servir.

18.
As transmissões de redes internacionais de TV apresentam 9 segundos de atraso. É o tempo suficiente para que o censor tire a rede do ar caso constate que a notícia é ofensiva aos interesses chineses.

19.
77% dos chineses não sabe que a Aids pode ser evitada com o uso da camisinha. Isso ocorre porque durante o período em que a China esteve sob o comando de Mao Tse Tung o sexo era tido como algo a ser evitado, mesmo entre os casais. Essa ‘diretriz’ do governo chinês do período de Mao não era nem de perto seguida por ele mesmo que era reconhecido por ter um verdadeiro harem particular sendo a sua preferência meninas virgens.

20.
Ver filme erótico pode dar cadeia (se você for pego, claro). Gays também são perseguidos por lá. Anúncios, passeatas ou personagens gays na TV são proibidos.

Via: blogdopisa.blogspot.com

Boza – A Bebida Que Aumenta Os Seios

Uma bebida tradicional turca chamada Boza está atraindo europeus à Bulgária onde é comercializada. O motivo seria sua suposta capacidade de aumentar os seios femininos.

Depois que a Bulgária entrou na União Européia alguns impostos foram retirados do produto tornando seu preço especialmente atraente para os maridos que estão adquirindo-o para presentear suas esposas.

Boza já está virando moda nos bares e lojas na europa. A Bulgária tem uma eficiente estratégia de marketing para promover a bebida que já tem 900 anos de história. Boza é bastante consumida na Turquia especialmente nos dias frios para esquentar o corpo.

Sadık Vefa, proprietário da loja turca Vefa Boza (fundada em 1876) especializada em Boza não confirma que a bebida tenha o efeito de aumentar os seios femininos e acrescenta que se o tivesse ele Já teria notado as mudanças em sua própria esposa. Entretanto ele explica que a Boza por ser um fermentado a base de trigo (similar à cerveja), traz vários outros benefícios à saúde.

Ela contém quatro tipos de vitamina A e B além de vitamina E. Durante o processo de fermentação ela produz ácido lático que ajuda na digestão. Vefa afirma que é a primeira vez que ele ouve falar sobre crescimento dos seios mas que o efeito de aumento na produção de leite em mulheres grávidas já era conhecido.

O Dr. Savaş Çömlek disse em entrevista ao jornal turco Turkish Daily News que essa bebida pode aumentar os níveis de prolactina, hormônio responsável pela produção de leite o que causaria um aumento nos seios femininos.

Ele acrescenta entretanto que o mesmo efeito pode ser obtido através do consumo de morangos.

A boa notícia para o público feminino é que o departamento de engenharia de alimentos da Universidade Uludağ na Turquia estão trabalhando numa versão light da Boza que não deve demorar para chegar logo ao mercado.

Via: http://www.turkishdailynews.com.tr/article.php?enewsid=64173

Curiosidades Dos Anos 1600 e 1700

Curiosidades dos anos 1600 a 1700

– Ao se visitar o Palácio de Versailles, em Paris, observa-se que o
suntuoso palácio não tem banheiros. Na Idade Média, não existiam dentifrícios
ou escovas de dente, perfumes, desodorantes, muitos menos papel higiênico. As
excrescências humanas eram despejadas pelas janelas do palácio. Em dia de
festa, a cozinha do palácio conseguia preparar banquete para 1.500 pessoas,
sem a mínima higiene.

– Vemos, nos filmes de hoje, as pessoas sendo abanadas. A explicação
não está no calor, mas no mau cheiro que exalavam por debaixo das saias (que
propositalmente eram feitas para conter o odor das partes íntimas, já que não
havia higiene).

Também não havia o costume de se tomar banho devido ao frio e à quase
inexistência de água encanada. O mau cheiro era dissipado pelo abanador. Só
os nobres tinham lacaios para abaná-los, para dissipar o mau cheiro que o
corpo e boca exalavam, além de, também, espantar os insetos. Quem já esteve
em Versailles admirou muito os jardins enormes e belos que, na época, não
eram só contemplados, mas “usados” como vaso sanitário nas famosas baladas
promovidas pela monarquia, porque não existia banheiro.

– Na Idade Média, a maioria dos casamentos ocorria no mês de junho
(para eles, o início do verão). A razão é simples: o primeiro banho do ano
era tomado em maio; assim,em junho, o cheiro das pessoas ainda era tolerável.
Entretanto, como alguns odores já começavam a incomodar, as noivas carregavam
buquês de flores, junto ao corpo, para disfarçar o mau cheiro.Daí termos maio
como o “mês das noivas” e a origem do buquê de noiva explicada.

– Os banhos eram tomados numa única tina, enorme, cheia de água
quente. O chefe da família tinha o privilégio do primeiro banho na água
limpa. Depois, sem trocar a água, vinham os outros homens da casa, por ordem
de idade, as mulheres, também por idade e, por fim, as crianças. Os bebês
eram os últimos a tomar banho. Quando chegava a vez deles, a água da tina já
estava tão suja que era possível “perder” um bebê lá dentro. É por isso que
existe a expressão em inglês “don’t throw the baby out with the bath water”,
ou seja, literalmente, “não jogue fora o bebê junto com a água do banho”,que
hoje usamos para os mais apressadinhos.

– O telhado das casas não tinha forro e as vigas de madeira que os
sustentavam era o melhor lugar para os animais – cães, gatos, ratos e
besouros se aquecerem. Quando chovia, as goteiras forçavam os animais a
pularem para o chão. Assim, a expressão “está chovendo canivete” tem o seu
equivalente em inglês em “it’s raining cats and dogs” (está chovendo gatos e
cachorros).

– Aqueles que tinham dinheiro possuíam pratos de estanho. Certos
tipos de alimento oxidavam o material, fazendo com que muita gente morresse
envenenada (lembremos-nos de que os hábitos higiênicos, da época, eram
péssimos). Os tomates, sendo ácidos, foram considerados, durante muito tempo,
venenosos. Os copos de estanho eram usados para beber cerveja ou uísque. Essa
combinação, às vezes, deixava o indivíduo “no chão” (numa espécie de
narcolepsia, induzida pela mistura da bebida alcoólica com óxido de estanho).
Alguém que passasse pela rua poderia pensar que ele estivesse morto e, assim,
recolhia o corpo e preparava o enterro. O corpo era, então,colocado sobre a
mesa da cozinha por alguns dias e a família ficava em volta, em vigília,
comendo, bebendo e esperando para ver se o morto acordava ou não. Daí surgiu
o velório, que é a vigília junto ao caixão.

– A Inglaterra é um país pequeno, onde nem sempre havia espaço para
se enterrarem todos os mortos. Então, os caixões eram abertos, os ossos
retirados e postos em ossários e o túmulo utilizado para outro cadáver. Às
vezes, ao abrirem os caixões, percebia-se que havia arranhões nas tampas, do
lado de dentro, o que indicava que aquele morto, na verdade, tinha sido
enterrado vivo. surgiu, assim, a idéia de, ao se fechar o caixão, amarrar uma
tira no pulso do defunto, passá-la por um buraco feito no caixão e amarrá-la
a um sino. Após o enterro, alguém ficava de plantão ao lado do túmulo,
durante uns dias. Se o indivíduo acordasse, o movimento de seu braço faria o
sino tocar. E ele seria “saved by the bell”, ou “salvo pelo gongo”,expressão
usada por nós até os dias de hoje.

Fotos de Sofas para Masoquistas



Esta campanha do canal AXN é realmente muito criativa. Ela apresenta montagens em fotos que mostram sofás que seriam um confortável móvel para qualquer pessoa com tendência sado-masoquista.
O slogan resume a idéia principal das fotos da campanha publicitária: RELAX IF YOU CAN, ou numa tradução livre: Relaxe se for capaz.

Video:As Ondas tocam musica no orgão natural

Orgão do Mar – na cidade de Zadar, Croácia
Situado na costa de Zadar uma cidade da Croácia, encontramos o Órgão do Mar, degraus cravados em rochas que têm em seu interior um interessante sistema de tubulações que, quando empurradas pelos movimentos do mar, forçam o ar e, dependendo do tamanho e velocidade da onda, criam notas musicais, sons aleatórios.
Criado em 2005 e ganhador do prêmio europeu para espaços públicos (European Prize for Urban Public Space), o Órgão do Mar recebe turistas de várias partes do mundo que vêm escutar uma música original que traz muita paz.
O lugar também é conhecido por oferecer um belo pôr-do-sol, o que agrada ainda mais as pessoas que visitam a localidade.
Zadar é uma bela cidade litorânea da Croácia e foi duramente castigada durante a 2º Guerra Mundial.
A criação do Órgão é também uma iniciativa para devolver um pouco do que o lugar perdeu com tanta destruição e sofrimento.

Veja a estrutura interna das “escadas”, o detalhamento das cordas e notas musicais que somadas à energia das ondas criam sons:

Assista aqui o video do órgão que é tocado pelas ondas do mar :

Menino transplantado vira corinthiano

O menino Rodrigo de Melo Marques de 4 anos que recebeu um transplante de coração
há dois meses voltou para sua casa na zona sul de São Paulo na última segunda feira (18-02-2008).
Ele estava desde Maio no Instituto do Coração (Incor) tendo passado pelo transplante em Dezembro.
Foram praticamente dois meses de recuperação.
Conforme seu pai relatou, o menino falava que não queria sair do hospital mas logo ao chegar em casa ele se achou de novo.
Ele sofria de miocardiopatia restritiva, doença na qual o coração não consegue bombear o sangue adequadamente. Essa deficiência cardíaca
que no caso de Rodrigo foi detectada aos 3 anos de idade faz com que progressivamente vários órgãos entrem em falência pela falta de sangue.
Um fato muito curioso ocorrido após a cirurgia é que, a partir de uma brincadeira que seu médico fez sobrepondo
o distintivo do Corinthians sobre a imagem de seu novo coração, afirmando que agora o seu coração é corinthiano,
o menino, que era São Paulino, agora é torcedor do Corinthians.
Segundo matéria da rede record, o menino diz agora que seu Coração É CORINTHIANO.
Esse dá prá se dizer que se salvou duas vezes… Ganhou um coração novo e virou Corinthiano.
A Estela Azeka, da equipe de transplante infantil do Incor, diz que o menino terá que ter uma vida regrada, mas isso
não vai impedir que ele cresça numa rotina bem próxima à de uma criança comum.

Referências: TERRA, Yahoo e RECORD NEWS TV